Sexualidade e envelhecimento: motivações e desafios

Título: Sexualidade e envelhecimento: motivações e desafios
Autor(es): M. d. A. R. Caridade
Ano: 2010
Periódico: Revista Brasileira de Sexualidade Humana
Volume: 21
Número: 1
Páginas: 94-94
Tipo de Artigo: Edição Especial
ISSN: 2236-0530
Língua: Portuguese

Resumo: O homem é o único ser vivo que sabe que vai morrer. Isso o angustia, ele busca para si ilusões de eternidade, como se pudesse esconder-se de sua provisoriedade. A finitude é vista por ele como uma limitação, não como o limite que é posto à vida. Olhar assim, o impede do verdadeiro crescimento rumo à maturidade e a alegria de viver. Finitude é condição humana e nela somos desafiados a encontrar saídas para os limites, encontrar motivação para manter a vida com dignidade, satisfação, prazer e sentido. Falar de envelhecimento é falar da consciência dessa finitude, da possibilidade de ser por ela desafiados e da capacidade que temos; de proceder à superação, à transformação, à metanóia e à mudança de atitude. A vida é exigente de um ascender ao mais além. (resumo indisponível, trecho do artigo).

Entrar